O Som do Vazio: Anotações Sonoras reviewed by Arte Capital

Luís Ribeiro visited Anotações Sonoras: Espaço, Pausa, Repetição and wrote about it for Arte Capital.

(…) A sala de exposições é um corpo que pode ser habitado mas é, na mesma medida, um corpo vivido pela obra de arte e pelo público que a visita, transformando o vazio num corpo habitado e cheio de vida. Neste sentido, o corpo assume-se como potência que incorpora a obra de arte, passando a existir apenas no íntimo de cada ser que a visita.